Romantismo Alemão: o que foi esse movimento?

Salut! Como vocês estão esta semana? Hoje vamos conversar sobre História de Arte, focando em um movimento artístico muito importante. Hoje faremos uma viagem à Alemanha para falar sobre o Romantismo Alemão.

Romantismo Alemão: o que foi esse movimento?
Caspar David Friedrich: O peregrino sobre o mar de névoa (Reprodução)

Marcado entre o final do século XVIII e XIX, o Romantismo Alemão teve o objetivo de resistir às ideias do iluminismo francês, combatendo o acesso de racionalismo e materialismo, bem como a ideia de ter regras gerais para tudo, que deixa de lado os sentimentos, o inconsciente dos indivíduos e a sua ligação com a natureza. Assim, o movimento priorizava a pluralidade de discursos e possibilidades, questionando a ciência e a própria arte. O marco para esse movimento foi a publicação da Revista Athenäeum, pelos irmãos Friedrich Schlegel e August Schlegel.

O movimento trabalhava a ideia de fragmentos, como tudo deve ser considerado parte dos acontecimentos, as particularidades que formam uma sociedade, tornando impossível explicar os acontecimentos com regras gerais, rígidas. Começa a se questionar os limites da razão, dando lugar aos sentimentos, sonhos e outros aspectos da existência. A ideia de que o ser humano é resultado de fragmentos, que não existe regra universal para a sociedade, influenciou diversas áreas do conhecimento e principalmente da expressão, da arte, dispensando qualquer tipo de certeza e dando lugar a experimentações e à imaginação. Na arquitetura, se destacou Karl Friedrich Schinkel, que também tem contribuição na pintura e no desenho. Nas artes visuais podemos citar nomes como Phillip Otto Runge, Caspar David Freidrich e Jacob Phillip Hackert.

pintura-romantismo
Pintura de Karl Friedrich Schinkel (Reprodução)

Phillip Otto Runge destaca-se pela utilização da teoria das cores. Ele também escreveu poesias e planejou uma série de quatro pinturas intitulada Las Horas del Dia, projetadas para serem vistas em um local específico, acompanhadas de música poesia. Essa tendência de unir várias formas de arte é marcante no Romantismo.

the-great-morning
The Great Morning, de Phillip Otto Runge (Reprodução)

Caspar David Friedrich foi um dos mais importantes artistas de sua geração. Pintor paisagista, ele representava em telas céus noturnos e tempestuosos, ruínas góticas e a natureza como seu principal foco. Foi ele quem introduziu o Romantismo na Alemanha. Suas pinturas trazem a figura humana em uma proporção reduzida em relação à paisagem. Trabalhou com óleo sobre tela em grande parte de suas obras.

Valorizando a inteligência e a beleza, o romantismo alemão influenciou na estética, na literatura e na filosofia. Sabemos que a Alemanha é um país que valoriza muito a história da sua arte e possui diversos espaços onde se pode apreciar o melhor das manifestações artísticas que o país oferece desde séculos atrás até hoje. Espero ter acrescentado a vocês mais informações sobre esse importante movimento. Vamos às dicas de hoje?

Estamos na reta final do nosso projeto Arte ao Vivo e a Cores! Acompanhe nossas lives no instagram @galeriamontmartre e assista aos vídeos das lives anteriores em nosso IGTV!

Dica de exposição: A partir do dia 10 de outubro às 19 horas, no Espaço Cultural Agostinho Pinto – SESC, participarei do Nordestinidades – XII Exposição Anual da UAPPI! Estão todos convidados!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *