Nossa Homenagem ao Mestre Portelada

Hello! How are you? Hoje faremos uma homenagem a uma grande figura, um dos maiores nomes da arte e da cultura piauiense que faleceu no último dia 17, aos 78 anos. Devaldino da Silva Portelada, conhecido por todos como o Mestre Portelada, foi um pintor que se destacou na arte cubista, um dos artistas que mais trouxe orgulho aos piauienses sendo destaque em grandes exposições nacionais e internacionais. Uma importante figura pela qual sempre tive grande admiração.

artista-portelada
Mestre Portelada ao lado de uma de suas obras (Foto: Reprodução)

Com um trabalho que reverencia a cultura nordestina, Portelada explorava as cores e principalmente as formas geométricas em suas pinturas, encontrando assim o seu estilo marcante e inconfundível. Retratando cenas e figuras que representam a cultura nordestina e piauiense, suas obras encantaram a muitos com o uso das formas e cores para criar luz e movimento em suas pinturas. Muito além da técnica, se destacou por levar os costumes regionais, o folclore, a dança e tantos outros símbolos de nossa História.

obra-portelada
Suas obras exaltam a cultura do sertão nordestino (Foto: Reprodução)

Portelada, que começou a pintar aos dez anos de idade, retratava em suas telas cenas que viveu em sua infância, aspectos do sertão nordestino que o marcaram. Ele morou no Maranhão, Ceará e Piauí, onde vivenciou muitas das cenas que o inspiraram a pintar cenas típicas da vida do sertanejo nordestino. Eternizou em telas cenas cotidianas e aspectos da cultura regional sempre a reverenciando. A vontade de produzir era insaciável, ele sempre tinha novos sonhos para levar às telas, novas ideias para pintar e projetos a realizar, mesmo com décadas de carreira dedicados à Arte.

mestre-portelada
Portelada deixa um grande legado na arte piauiense (Foto: Reprodução)

O artista foi um grande incentivador da cultua em nosso estado, sendo membro e umos maiores incentivadores da União dos Artistas Plásticos do Piauí (UAPPI), da qual também faço parte. Sua primeira exposição aconteceu em 1973 e muitas vieram depois Brasil e mundo a fora, tendo recebido diversos prêmios e títulos de reconhecimento.

Ter a oportunidade de conhecer e conversar com esse artista é uma honra que levarei para a vida. Nós, artistas piauienses, assim como todo o público, temos hoje a missão de espalhar o legado de Mestre Portelada e fazer com que sua obra seja cada dia mais valorizada e reconhecida. Portelada vive!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *